Posts Tagged ‘coincidência industrial’

░▒▓█│Thomas LEDson – Resurrection │█▓▒░

quinta-feira, abril 30th, 2015

A ressureição da lâmpada incandescente queimada de Thomas Edison. Um projeto de Lucas Mafra.

The resurrection of the Thomas Edison burnt lightbulb. A project by Lucas Mafra

 leia agora FACTA nº 3

Thomas Edison, o inventor da lâmpada incandescente, ficaria feliz em saber que apesar de sua criação estar em extinção no comércio, ainda a estimamos e queremos que continue iluminando nossos recintos. Porém, surgiram alternativas mais baratas, duráveis e econômicas, acirrando uma disputa desleal com os belos bulbos incandescentes. Paramos de comprá-las e aos poucos elas foram sumindo do mercado. Recentemente a lâmpada incandescente de 100W foi descontinuada. Uma invenção que iluminou nossas vidas com seu brilho amarelado característico, será aos poucos removida das prateleiras até a extinção total, devido a sua ineficiência energética.

Thomas LEDison (ou LEDson), é um projeto que ressuscita uma lâmpada incandescente queimada. Ela volta a brilhar novamente tendo uma vida útil de 100.000 horas, em comparação com meras 1.000h da antiga lâmpada. Isso equivale a 11 anos ligada 24h, ou 40 se usada 6h por dia! Até lá, provavelmente a lâmpada incandescente estará extinta, mas esta continuará brilhando, em memória deste grande inventor.

 

 

Thomas Edison, inventor of the incandescent light bulb, would be glad to know that in spite of his creation being snuffed out of the commerce, we still esteem it and want it to keep lighting our rooms. But cheaper alternatives, more durable and economic, narrowing an unfair dispute with the beautiful incandescent bulbs. We stoped buying them and slowly they were disapearing from the market. Recently (in brazil) the 100W lightbulb was discontinued. An invention that lit our lives with its characteristic yellowish bright, will be gradually removed from the shelves until total extinction, because of its poor luminous efficacy, where  95% or more is converted into heat rather than visible light.

Thomas LEDison (or LEDson) is a DIY project that ressucitates a burnt incandescent lightbulb. It will glow back having a 100.00 hours lifespan compared with mere 1.000 hours of the old burnt bulb. That means 11 years shining 24h a day! Until then the incandescent lightbulb will be practically extinct, but this one will be gleaming for quite a long time in memory of this great inventor.

“Thomas LEDson (or Ledison also) is a makeshift ressurection of the burnt incandescent light bulb.”

quarta-feira, novembro 20th, 2013

░░▒▒▓◄║Vídeo Aula FACTA nº 2 – Luminária Gambiológica►▓▒▒░░

Geração – TV Assembléia MG

quarta-feira, março 6th, 2013



Coincidência industrial (+)

segunda-feira, maio 16th, 2011

Luminárias construídas usando peças alternativas, que coincidiram perfeitamente com as opalinas:  tampa de isopor pra cerveja + porta lâmpada = coincidência industrial x2. O tampão de alumínio p/ padrão elétrico serviu como canopla interna e também externa, em duas luminárias diferentes. Inventei esse sistema para travar a opalina usando apenas uma porca e uma ferragem chamada pé de galinha, muito usada em lustres de teto. O interruptor no cabo PP serve para controlar individualmente as luminárias que vêm do teto.

Luminária c.i.

sábado, janeiro 22nd, 2011

C.I.=coincidência industrial. tampa de isopor de cerveja amarelo com bocal baquelite e opalina escadinha, usando lâmpada eletrônica amarelada 15w. Base de embreagem de carro + tubo oxidado.

A outra foto é uma gambiarra com sensor de presença e um close no V.U. da malatag.

lightbulb box MAMUSHKA!

terça-feira, janeiro 4th, 2011

Não, não é a dança ritual da Família Adams, que foi ensinada pelos seus primos Cossacos e permaneceu como tradição na família Adams desde… só Deus sabe quando. Mas como esse filme é um clássico, resolvi incorporar o vídeo da MAMUSHKA! Posso dizer seguramente que é um épico que marcou minha época! Já não fazem mais filmes bons como antigamente…

Além de ser uma dança tradicional da Família Adams, a MAMUSHKA faz parte da cultura Russa.

“A boneca russa Matryoshka (Matrioshka), (também conhecida como Mamushka) ou “boneca russa” na verdade é um conjunto de bonecas ocas de tamanhos decrescentes colocadas uma dentro de outra. A história da Matryoshka não é muito antiga, pois tem pouco mais de um século. Considera-se que as Matryoshkas surgiram nos anos 90 do século 19, e o primeiro torneiro que criou a forma foi um homem com sobrenome Zvezdochkin e o primeiro homem quem desenhou o rosto e os trajes era o Sergei Maliutin, que trabalhava como pintor numa oficina de artesanatos no povoado de Abramtsevo que pertencia a um famoso industrial russo Savva Mamontov.  Em 1900, a esposa de Savva Mamontov, levou as bonecas para serem apresentadas na Exibição Mundial em Paris e este brinquedo ganhou uma medalha de bronze. Logo, muitos outros lugares em Rússia começaram confeccionar Matryoshkas.

Artistas modernos criam muitos novos estilos de Matryoshkas. Temas comuns incluem coleções de animais, retratos e caricatura de políticos famosos, músicos e estrelas populares de filme, natureza da Rússia ou cartões postais das cidades como Moscou.”

Agora veja a minha MAMUSHKA:





E esse foi mais um speed project concluído em aproximadamente 1h incluindo as fotos e o post!

  • Fontes:

http://aprender-russo-online.blogspot.com/2009/02/historiaorigemmatrioshkamamushka.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Matryoshka_doll
http://fc07.deviantart.net/fs70/f/2010/134/d/1/Mamushka_01_by_danielherbon.jpg

Palestra – Centro Empresarial Itaú

segunda-feira, outubro 18th, 2010

A palestra Gambiológica no Itaú Unibanco Centro Empresarial em SP foi uma beleza! Tivemos 55 inscritos e em pouco tempo as vagas se esgotaram. Fomos muito bem tratados e todos ficamos satisfeitos com o resultado final. A proposta era a construção de um objeto gambiológico durante a palestra. Chamamos isso de speed project, ou projeto rápido. Em uma hora e meia de palestra, nos alternamos entre falar e construir o objeto, montamos uma luminária usando como base um drive de disquete 5,25 polegadas. Esse drive é hoje obsoleto, e considerado um lixo tecnológico, que por coincidência, era da Itautec! Nós o devolvemos para o destino de origem, completamente transformado e gambiologizado. Agora, além de seu preço inestimável, ele tem utilidade, como luminária com dois tipos de lâmpadas, E14 e E27, LED´s e um amplificador para MP3 usando o TDA7052.

2xCOMBO! Coincidência Industrial DIY

quinta-feira, outubro 7th, 2010

Essa coincidência industrial da tampa de camisinha/isopor de cerveja com o “porta-lâmpada E-27” foi descoberta por mim, enquanto procurava alguma ideia para uma luminária, no meio de minhas sucatas. Eu a utilizava principalmente com a opalina escadinha, que encaixa perfeitamente, na tampa de cerveja. Mas aí descobri que essa certa lâmpada incandescente (opalina) se encaixa perfeitamente também!

O correto então seria Double 2X COMBO! Coincidência Industrial!! Pela opalina e pela lâmpada!! YEAH!! DIY !!!!!!

Coincidência essa que já é um clássico (Jean Baptiste Gambièrre Aprooved) e foi parar em SP, incorporada numa peça Gambiológica Autêntica, que agora encontra-se no Centro de Inovação do Itaú Unibanco. NEXT POST!

Opalina azul

domingo, julho 18th, 2010

Opalina azul antiga adquirida em São Paulo e transformada numa luminária de teto. Esta ideia pôde ser concretizada depois de muita procura por uma coincidência industrial: a peça metálica encaixada no furo da opalina, de onde sai o fio. Esta da foto foi vendida, mas ainda tenho duas opalinas iguais, e não tenho mais peças metálicas… terei que achar outras coincidências para fazer mais duas!

Luminária: “Padrão”

domingo, junho 20th, 2010

Padrão” é o nome próprio dessa luminária que foi inspirada e produzida dentro do tema “Coincidência Industrial”. Veja na foto que não existem parafusos para segurar o globo bolinha; esse sistema foi criado por mim e basta soltar apenas uma porca no topo para retirar o vidro. O nome da luminária veio dos dois pratos de alumínio que se encaixam no globo: são usados como acabamento, tampando o topo do cano do padrão de luz, aquele poste de aço com fios que tem nas casas. O fio usado é cabo PP preto e o interruptor laranja torna a iluminação independente das outras.